11-12-2018

Zika e infertilidade 

Estudo realizado pelo Instituto de Medicina Tropical da USP aponta que a infecção pelo vírus Zika também pode trazer complicações para os homens – leia-se, infertilidade. 

Quatorze voluntários infectados pelo vírus em 2016 participaram do estudo, liderado pela infectologista Vivian Avelino-Silva, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Cinco deles fizeram o exame de espermograma e, em quatro, os resultados ficaram fora dos parâmetros de normalidade estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com a infectologista, “isso sugere que pode existir um efeito de infecção por Zika que a gente ainda não conhecia, que é uma alteração prolongada, talvez até permanente, de infertilidade entre os homens”.

O estudo não é conclusivo e aponta a necessidade de que novas pesquisas sejam feitas. “Não conseguimos provar, mas já existem estudos em animais que sugerem resultados semelhantes. Por isso achamos que o resultado é importante para que seja feito um estudo com um número maior de homens”. 

Fontes: O Estado de São Paulo e Agência Brasil 


Esta página teve 85 acessos.

(11) 4349-9983
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h