Cremesp abre inscrições para projetos de estudantes e médicos residentes

Jornal do Cremesp - Edição 354 - Dezembro de 2017

Cremesp abre inscrições para projetos de estudantes e médicos residentes

Centro de Bioética do Cremesp receberá inscrições para os processos seletivos do Programa de Bolsas em Bioética e Ética Médica, tanto para estudantes de Medicina, quanto para Médicos Residentes, entre os dias 30 de novembro e 15 de fevereiro. O início de vigência das bolsas está previsto para abril de 2018.

Graduandos

Iniciado em 2001, o Programa destina-se a alunos do 2º ao 5º ano – ou do 3º ao 10º semestre – de cursos de Medicina do Estado de São Paulo. Os trabalhos deverão versar sobre o tema Ética Médica, e os alunos escolhidos receberão bolsa no valor de R$ 676,80 pelo período de dez meses.

Residentes 

A bolsa é dirigida a médicos que estejam participando de Residência Médica em instituição do Estado de São Paulo, com programa credenciado na Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), desde que estejam sob orientação de um preceptor, que não seja delegado ou conselheiro do Cremesp. Acompanhando os valores praticados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a bolsa do ano de 2018 será de R$ 1.988,10.

Segundo Reinaldo Ayer de Oliveira, coordenador do Centro de Bioética e responsável pelos programas, projetos desenvolvidos com as bolsas abriram espaço à publicação de artigos e participação em eventos científicos. 
Mais informações podem ser obtidas pelo site www.bioetica.org.br, pelo e-mail cbio@cremesp.org.br ou pelo telefone (11) 4349-9983. 
 

Princípios do Juramento Médico são atualizados pela Associação Médica Mundial

O Juramento Médico foi atualizado neste ano, incluindo princípios como o respeito à dignidade e autonomia do paciente, além da preocupação que o profissional deve ter com a própria saúde, evitando o esgotamento pelo excesso de trabalho. As mudanças foram aprovadas na 68ª Assembleia Geral da Associação Médica Mundial (WMA, na sigla em inglês), realizada em outubro de 2017, em Chicago, nos Estados Unidos. 

Adotado pela Declaração de Genebra em 1948, na 2ª Assembleia Geral da WMA, o documento passou por mais cinco atualizações entre 1968 e 2006. O juramento apregoa a retidão entre colegas, professores e alunos. Também defende que o médico não permita que considerações sobre idade, doença ou deficiência, crença religiosa e origem étnica se interponham ao dever com o doente. 

É política da WMA rever a cada dez anos os ditames da Declaração de Genebra – sem que implique, necessariamente, modificações. De acordo com o presidente da entidade, Yoshitake Yokokura, as revisões procuram seguir a intenção da declaração original, mas também enfocar importantes princípios éticos antes não explicitados. 

O Juramento Médico é considerado uma versão modernizada dos preceitos do Juramento de Hipócrates, texto escrito possivelmente entre os séculos V e III a.C. que integra a coleção de livros conhecida como Corpus Hipocraticum. Os dois juramentos são utilizados em solenidades de formatura de estudantes de Medicina. 
 

Sociedade Paulista de Bioética tem nova diretoria 

O médico e delegado da Regional de Osasco do Cremesp, Edson Umeda, é o novo presidente da Sociedade de Bioética de São Paulo (SBSP), regional da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB). Eleita em 9 de dezembro, a gestão 2017/2020 da SBSP tem, como vice-presidente, Christian de Paul Barchifontaine; 1ª secretária, Marina de Neiva Borba; 2ª secretária, Tereza Rodrigues Vieira; 1º tesoureiro, Paulo Fraga da Silva; e 2ª tesoureira,  Margareth Rose Priel.

Sociedade Brasileira
A diretoria da SBB para o biênio 2017/2019 é presidida pelo médico Dirceu Bartolomeu Greco e tem como primeiro vice-presidente o conselheiro e coordenador do Centro de Bioética do Cremesp, Reinaldo Ayer de Oliveira.

Juramento Médico
Tradução livre do texto aprovado em 2017

"Como membro da profissão médica:

  •  A saúde e o bem-estar do meu doente serão as minhas primeiras preocupações;
  •  Prometo solenemente consagrar a minha vida ao serviço da humanidade;
  •  Respeitarei a autonomia e a dignidade do meu doente;
  •  Guardarei o máximo respeito pela vida humana; 
  •  Não permitirei que considerações sobre idade, doença ou deficiência, crença religiosa, origem étnica, sexo, nacionalidade, filiação política, raça, orientação sexual, estatuto social ou qualquer outro fator se interponham entre o meu dever e o meu doente; 
  •  Respeitarei os segredos que me forem confiados, mesmo após a morte do doente; 
  •  Exercerei a minha profissão com consciência e dignidade e de acordo com as boas práticas médicas; 
  •  Fomentarei a honra e as nobres tradições da profissão médica; 
  •  Guardarei respeito e gratidão aos meus mestres, colegas e alunos pelo que lhes é devido; 
  •  Partilharei os meus conhecimentos médicos em benefício dos doentes e da melhoria dos cuidados de saúde; 
  •  Cuidarei da minha saúde, bem-estar e capacidades para prestar cuidados da maior qualidade;
  •  Não usarei os meus conhecimentos médicos para violar direitos humanos e liberdades civis, mesmo sob ameaça; 
  •  Faço estas promessas solenemente, livremente e sob palavra de honra.”

Esta página teve 215 acessos.

(11) 5908-5647
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 5908-5600 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h