Residentes médicos trazem ao Cremesp resultados finais de trabalhos em Bioética e Ética Médica

A primeira turma de Residentes Médicos a concluir sua trajetória no Programa de Bolsas em Bioética e Ética Médica do Conselho Regional de Medicina (Cremesp) trouxe os resultados finais de seus trabalhos a Casa, banca examinadora, e colegas, no dia sete de dezembro, após quase um ano de dedicação. As apresentações da turma 2016/2017 aconteceram na sede do Cremesp, à Rua Frei Caneca, Consolação, e refletiram segurança dos jovens colegas, bem como, e seu interesse por temas instigantes presentes no dia a dia profissional.

Estiveram representados temas como sensação de coerção no tratamento de transtornos mentais, defendido pela residente Nicoli Abrão Fasanella, da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, que demonstrou que quase metade dos pacientes participantes se sente, sim, coagido a se tratar; aspectos éticos no rastreio do câncer de próstata –, no qual o médico Bruno Felipe de Souza, do Instituto Médico do Servidor Público Estadual (IAMSPE) observou que boa parte dos atendidos não sabe qual é a sua real doença; e o caminho da Bioética em um hospital universitário, abordado pelo médico Pedro Mendes Lages, da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), que constatou maus exemplos éticos por parte dos preceptores.

Além das universidades mencionadas, participaram desta etapa do programa – em que a Bolsa do Cremesp teve a duração de 12 meses – residentes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC-FMRP-USP); Hospital Sírio-Libanês e Faculdade de Medicina de Botucatu – Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Vale lembrar há outros residentes contemplados na edição 2016-2017 que têm um período diferenciado de duração das bolsas, atingindo 18 meses. Veja todos os contemplados em http://www.bioetica.org.br/?siteAcao=BolsaPesquisa_residentes&ano=2016.

De acordo com Reinaldo Ayer de Oliveira, coordenador do Centro de Bioética e deste projeto, “em sua rotina profissional, o residente vive os conflitos da prática médica e o Cremesp decidiu investigar quais deles poderiam gerar projetos de pesquisa”. Além dele, estas apresentações contaram com a presença do também conselheiro Akira Ishida. 

A exemplo do que ocorre com os alunos de Medicina que são bolsistas do Cremesp, os três melhores trabalhos de todo o programa serão exibidos também à planária do Conselho. 

Dentro da mesma iniciativa: até o dia 15 de fevereiro estão abertas as inscrições para a próxima edição do Programa de Bolsas do Cremesp em Bioética e Ética Médica, com início previsto para abril de 2018. Informações em http://www.bioetica.org.br/?siteAcao=Destaques&id=305.


Esta página teve 1038 acessos.

(11) 5908-5647
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h