29-05-2018

Eficaz contra a diabetes

Durante o congresso Next Frontiers to Cure Cancer, organizado pelo hospital A.C. Camargo, o professor Victor Wünsch Filho, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP) trouxe dados de um amplo estudo realizado no Estado, relacionando o remédio metformina à diminuição do risco de câncer de cabeça e de pescoço.

O estudo, cujos resultados foram publicados um ano e meio atrás na revista científica Oral Oncology, envolveu mais de dois mil voluntários, em cinco hospitais paulistas. Por meio dele, observou-se diminuição acentuada (em torno de 60%) das chances de se desenvolverem estes tumores entre os voluntários considerados de “alto risco” para a doença, ou seja, os que consumem mais de 40 gramas de álcool por dia e mais de 40 maços de cigarro em um ano.

Wünsch Filho informa que pesquisas anteriores já haviam mostrado uma associação entre diabetes, uso de metformina e uma redução no risco de outros tipos de câncer, como pulmão, cólon e pâncreas.  “No caso do tumor de cabeça e pescoço, os dados existentes na literatura científica eram muito contraditórios. Por isso decidimos investigar melhor”.

Genoma do Câncer de Cabeça e Pescoço
O estudo do tipo caso-controle foi realizado durante o doutorado de Rejane Figueiredo, como parte do projeto Genoma do Câncer de Cabeça e Pescoço (Gencapo), que reúne cientistas de diversas instituições e é apoiado pela FAPESP.

No grupo de casos foram incluídos 1.021 portadores de câncer de cabeça e pescoço, divididos em cinco subgrupos: cavidade oral, orofaringe, hipofaringe, laringe e orofaringe/hipofaringe não especificado.

Já no grupo-controle, foram incluídos 1.063 participantes sem a doença – selecionados entre pessoas que visitavam pacientes internados no hospital ou que estavam no serviço de saúde para atendimento ambulatorial de problemas não relacionados ao câncer.

No início da pesquisa pensava-se em investigar apenas a associação entre o câncer de cabeça e pescoço e o diabetes. “A ideia de incluir a metformina surgiu quando participei de um congresso sobre câncer e metabolismo, no qual pude perceber a importância do medicamento”, contou a pesquisadora RejaneFigueiredo.

Em tempo: considera-se câncer de cabeça e pescoço um conjunto heterogêneo de tumores que afeta locais como a cavidade oral, seios da face, laringe e a laringe, além das glândulas, vasos sanguíneos, músculos e nervos da região.

Tabaco e álcool são ainda considerados os principais fatores de risco deste tipo de câncer, o 9º em incidência no mundo, embora tenha crescido nos últimos anos o número de casos associados à infecção pelo papilomavírus humano (HPV), principalmente entre os pacientes mais jovens.

Veja mais sobre o artigo Diabetes mellitus, metformin and head and neck cancer acessando www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1368837516301348?via%3Dihub.

Fonte: Agência Fapesp


Esta página teve 303 acessos.

(11) 4349-9983
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h