23-02-2018

Doenças por mosquitos

O aumento da temperatura média do planeta, induzido principalmente pela emissão de gases de efeito estufa, deve contribuir para ampliar no país a área de distribuição de quatro vírus transmitidos por mosquitos: o Oropouche (OROV), o Mayaro (MAYV), o Rocio (ROCV) e o vírus da encefalite de Saint Louis (SLEV).

Trata-se de uma das conclusões trazidas em estudo publicado na revista científica PLoS Neglected Tropical Diseases, realizado no Instituto Butantan, por pesquisadores do departamento de Parasitologia, em conjunto com Faculdade de Saúde Pública da USP e com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). 

Segundo Camila Lorenz, a principal pesquisadora, foram levantados todos os surtos dessas arboviroses ocorridos no país desde a década de 1960 e avaliados como se relacionavam com diferentes fatores ambientais. Com base nos resultados, foi modelada a distribuição das doenças até 2100. “Os dados mostram que a área de distribuição dos quatro arbovírus deve aumentar nos próximos anos em função, principalmente, da temperatura”. 

Além de mapear as características físicas de todos os locais em que ocorreram surtos dessas quatro arboviroses nos últimos 55 anos, os pesquisadores também analisaram os registros climáticos existentes desde a década de 1960 e observaram que a temperatura média no país vem aumentando nos últimos anos, principalmente na região Norte.

No caso da cidade de São Paulo, por exemplo, a região suscetível ao vírus Mayaro saltaria dos 4% atuais para 12% em 2050 e quase 20% em 2100 em um cenário de alta emissão. Em relação ao Rocio, o número passaria de aproximadamente 1% da área do município para 2,5% em 2050 e quase 4% em 2100, também no pior cenário climático.

Fonte: Agencia Fapesp


Esta página teve 464 acessos.

(11) 4349-9983
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h