Resultados parciais são apresentados à Casa

Os médicos residentes contemplados em 2018 pelo Programa de Bolsas em Ética e Bioética trouxeram os resultados parciais de seus projetos de pesquisa ao Conselho Regional de Medicina (Cremesp), nos dia 3 e 4 de dezembro. Além dos 17 (de vinte) bolsistas, estiveram presentes à plenária da Casa alguns orientadores, e o convidado Max Grinberg, professor de Bioética que prestigiou a atividade.

Entre apresentações, o atendimento à criança esteve no foco de vários trabalhos, que abordaram condutas de fim de vida em UTI a pacientes pediátricos; melhoria dos cuidados paliativos ao mesmo público; manejo ético de suspeita de fraturas por maus-tratos; dilemas na revelação do diagnóstico pelo HIV na infância e adolescência; e conhecimento do pediatra na indicação de vacina contra o HPV.
 


Contemplados ao Programa de Bolsas que se apresentaram no 1o dia 


Outros temas atuais
Em meio aos trabalhos, também há referências a outros temas atuais, como o atendimento a transexuais nos serviços de saúde; estratégias éticas na aplicação de anticoagulantes; inserção de novas tecnologias no cuidado integral à saúde; estigma relativo a doenças mentais entre os estudantes de medicina; comunicação de más noticias pelos residentes; e assédio moral na formação médica.

Os dados iniciais dos projetos foram trazidos ao Conselho no final de julho de 2018.

Esta edição do Programa conta com as presenças de médicos que atuam na Universidade Estadual de Campinas; Hospital Regional de Presidente Prudente; Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Marília; Fundação Antônio Prudente –  A.C. Camargo Cancer Center; Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo; Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Hospital Israelita Albert Einstein; Hospital de Amor –  Hospital de Câncer de Barretos; Prefeitura Municipal de Guarulhos; Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP; Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Campus Botucatu; e Instituto da Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
 


Residentes na Plenária do 2o andar - Cremesp


Um pouco da história
Desde março de 2016, médicos residentes das universidades paulistas têm a oportunidade de aprofundar seus estudos em Ética e Bioética, por conta de bolsas de pesquisa na área, oferecidas pelo Cremesp.

Instituídas por meio da Resolução Cremesp Nº 284/2016 (alterada pela Resolução Cremesp Nº 322, DE 16-10-2018) as bolsas de pesquisa têm a duração de 12 meses, e são concedidas, por meio de processo seletivo, a médicos cursam residência médica em instituição situada no Estado de São Paulo, e que contarem com programa credenciado na Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

Cada projeto recebido será avaliado de acordo com critérios como Originalidade, integração e definição dos objetivos; Relevância da pesquisa para o desenvolvimento da ciência na área de ética médica e bioética; e Viabilidade de execução, entre outros.

As inscrições para o processo seletivo do Programa de Bolsas para Residentes estarão abertas de dois de janeiro a 15 de abril de 2019. Informações no site cbio@cremesp.org.br.

Veja também:

Informações
Contemplados 2018

Nova turma traz primeiros resultados ao Cremesp


Esta página teve 34 acessos.

(11) 4349-9983
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h